Uma
xícara de café quente ao lado. Uma atitude sentada em uma cadeira.
No pensamento você e eu. Na mão uma caneta, eu não quero digitar
hoje, apenas escrever. Faço dos meu pensamentos ideias e dos meus
conflitos interiores colchão pra descansar. Com minha caneta,
escrevo coisas do amor, sentimentos derramado em paixão, escrevo a
vontade de encontra-la. Escrevo detalhes do teu rosto. Escrevo
sentimentos do teu coração para o meu. Compartilho ao escrever,
lágrimas, retalhos, pouca conversa, respirações, sussurros. Em
meus gestos não há sombra de dúvidas escondida, nem perguntas sem
resposta. Toda via, a vontade de escrever, você, se torna um
comportamento acelerado dentro de mim.

Sabe
que vou fazer agora?

Vou
correr rumo ao seu pódio, vou capturar seu afeto.

Vou
escrever nas paredes do universo, um mistério escondido, que nem
mesmo o ciumes pode decifrar. Escreverei sobre nosso relacionamento.
As estrelas serão nossas testemunhas. O céu inteiro aplaudirá.
Voltando os pensamentos pra Terra, estou bebendo um bom café quente,
para que as ideias venha de maneira explosiva. Eu escrevo pensando em
você neste exato momento. Lembro-me do teu sorriso e do teu olhar
que me faz tão bem. À medida em que se vão passando os dias,
acorrento-me mais em ti. Pensamentos vem e vão. Caio em você
novamente, tudo ao meu redor cheira tua fragrância… bebo meu café
pela manhã e penso em ti…

Você
está mais em mim do que eu imaginava!

Anúncios