Minh’alma está inquieta,

 assim como o
dia lá fora, os céus resolveram chorar, não pára de liberar lágrimas de chuva,
de chuvisco, de garoa… E eu aqui sofrendo, desamparado, com frio…

 

 

**********************************************

Lembra
que sua presença é cobertor pra alma?

-Aflita, desamparada e
arrojada.

Lembra
que sua presença é lenha para os pensamentos?

-Cansados, lentos e sem
alimento.

Lembra
que sua presença é som tranquilizante para o ser?

-Atormentado, arrasado
e sem prazer.

Lembra
que sua presença é abraço sincero, envolvido em calor ao extremo?

-Do infinito, do ser e
do sentimento.

************************************************

 

 

Minh’alma está inquieta,

pra te cheirar, pra te sentir, pra te dominar. Exercer
em ti meu amor, meu manto de carinho, meu lençol de afeto…

 

Anúncios